Melhores fontes de colágeno para eliminar flacidez

Uma das melhores fontes de colágeno para eliminar a flacidez que existe é se alimentar com o tutano bovino. Essa fonte natural de colágeno já foi mais que comprovada por diversos estudos científicos.

Na verdade, o que acontece com o organismo é que você se alimenta de alimentos ricos em colágeno, mas seu organismo quebra esses alimentos, separa todos os seus nutrientes e só depois os reorganiza, podendo ou não reprocessar o colágeno e levá-lo para a pele.

Isso tudo vai depender das reais necessidades e urgências que seu próprio organismo detectar.

Como o Colágeno é processado pelo organismo

Funciona assim, quando seu organismo detecta algumas carências ele vai buscá-las na alimentação. Alguns cientistas acreditam e a “vontade de comer algo” seja uma forma de o nosso corpo pedir por determinado nutriente. Mas isso não é provado.

Então, após ingerirmos nossa refeição começa um verdadeiro processo de separação de nutrientes. Nosso organismo, então, conforme vai identificando os nutrientes à disposição já os vai enviando para onde mais necessita nesse momento.

Então, se você consumir todos os nutrientes necessários para seu organismo criar colágeno, não significa que ele realmente irá melhorar sua pele. Porque, se nesse primeiro momento um dos componentes necessários para isso for enviado para outra função, o restante (se não tiver outra utilidade momentânea) será eliminado com as fezes.

Como Garantir a reposição de colágeno ideal

Para que você consiga realmente processar colágeno e garantir uma pele firme e forte, livre de flacidez, será necessário consumir muito mais desses nutrientes que formarão a base para o organismo processar o colágeno do que você consegue apenas com a alimentação.

Para isso existem os suplementos de colágeno. Existem vários tipos desses suplementos, desde cremes até em pó ou em cápsulas.

O problema dos cremes é que agem apenas superficialmente, eles são ótimos para quebrar um galho e dar uma “esticada” na pele. Mas não são absorvidos profundamente, portanto não agem na causa do problema.

Os mais indicados são os ingeríveis, portanto em pó ou em cápsulas. Mas, tem um segredo na hora de escolher o seu.

Qual fonte de Colágeno escolher?

Antes de se decidir por em pó ou em cápsula, você deve prestar atenção se o colágeno é comum ou hidrolisado. Se for comum ele será digerido da mesma forma que seria um alimento normal, ou seja, muita coisa vai acabar sendo eliminada pelo organismo.

Porém, na forma hidrolisada, o colágeno já vem pré-digerido e é quebrado muito mais rapidamente que os colágenos normais. Isso facilita e acelera muito sua absorção pelo organismo e, posteriormente, sua transformação em colágeno para eliminar a flacidez da pele.

Colágeno Hidrolisado em Pó ou em Cápsula?

Nós indicamos a versão em cápsula, o mais vendido atualmente é o Renova 31 Colágeno Hidrolisado, pois em cápsula você tem a certeza de estar consumindo a quantidade exata de nutrientes que serão convertidos em colágeno.

Enquanto que a versão em pó você precisará ter sempre consigo um dosador, o que nem sempre é possível. Outro problema da versão em pó é que ela entra em contato com o oxigênio muito mais vezes do que seria considerado ideal, portanto acaba oxidando e perdendo muito de seu efeito com o tempo.

Enquanto que as cápsulas podem ser levadas numa bolsa tranquilamente, e mantém seus nutrientes sempre protegidos da ação oxidante até que já estejam dentro de seu organismo.

Potencializadores das fontes de Colágeno

Porém, apenas consumir o colágeno não é suficiente. Você precisa aprender a consumir outros nutrientes que, embora não agirão diretamente na construção do colágeno, irão potencializar esse processo e garantir que mais desses nutrientes serão aproveitados.

São eles:

  • Água: Parece simples demais, mas a água tem a função principal de manter o organismo ativo e limpo, o que deixa espaço para que as fontes de colágeno sejam rapidamente reconhecidas, processadas e enviadas para sua principal função: fortalecer a pele contra a flacidez;
  • Vitamina C: Essa vitamina funciona como um turbinador de resultados, pois é como se a Vitamina C se grudasse nos nutrientes que se tornarão colágeno e os fizesse “furar a fila” da digestão. Portanto, inclua um suco de laranja em suas principais refeições;
  • Proteína Animal: lá no início desse post falamos sobre o tutano, não pense você que fazendo uso de um suplemento como o Renova 31 que por mais poderoso que seja não precise mais consumir proteínas. Se você parar de consumir proteínas seu corpo vai acabar realocando os nutrientes do colágeno para outras funções, portanto;
  • Mantenha uma dieta equilibrada: hábitos de vida saudáveis são o mínimo que você pode fazer para permitir que sua saúde seja sempre forte. Porque de nada adiantaria você ter uma pele firme num corpo doente, não é verdade?

Então, caso você esteja muito acima do peso, recomendamos que leia esse post onde damos dicas de emagrecimento saudável.

Conclusão das melhores fontes de colágeno

Então, nesse artigo nós vimos que uma alimentação equilibrada juntamente com hábitos de vida saudáveis proporcionam a base para uma reposição de colágeno ideal.

Quando você tem um organismo saudável faz muito mais sentido potencializar seus resultados com suplementos de colágeno como o Renova 31, por exemplo.

Também vimos que o peso deve ser sempre mantido dentro do considerado normal, considerando idade e altura, para saber como calcular seu peso ideal você pode usar essa calculadora clicando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *